Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Sete milhões caíram na “malha fina”

 

BRASÍLIA (Folhapress) – Mais de sete milhões de contribuintes tiveram a declaração do Imposto de Renda retida na malha fina entre 2002 e 2006. Do total de 7.087.300 de declarações, 1.140.428 continuam sob análise. Pelas regras, esses documentos podem ficar retidos por um prazo de até cinco anos, caso a Receita Federal encontre alguma irregularidade ou tentativa de fraude. Se for confirmado algum problema, o contribuinte é autuado.

No entanto, ter saído da malha fina não significa a Receita está de acordo com os dados apresentados pelo contribuinte. Entre 2002 e 2006, a Receita aplicou 856.935 autuações em parte dos documentos retidos. O trabalho da fiscalização resultou em uma cobrança de R$ 3,188 bilhões no período – valor referente a impostos devidos, multas e juros.

Mais Notícias da Fenafisco