Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Sábado tem reunião com secretários

16 de dezembro de 2014

Os secretários escolhidos por Paulo Câmara terão uma semana de trabalho pela frente. Nos próximos dias, a tarefa deles será se reunir com seus antecessores para tomarem o máximo de informações possíveis a respeito das pastas que irão assumir. No fim da semana, o encontro será com Paulo Câmara (PSB). "No próximo sábado teremos uma reunião de trabalho com toda a equipe para que a gente possa definir os primeiros passos", destacou o governador eleito.

A tarefa dos novos secretários não será das mais difíceis já que muitos deles integram o atual governo. O secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, que será reconduzido à pasta, por exemplo, não terá problemas. André de Paula (PSD), que chefiará a Secretaria de Cidades, disse que passará a semana em Brasília por conta do mandato de deputado federal, mas ressaltou que não terá problemas de comunicação com Evandro Avelar (PSDB). O tucano deixa o posto para assumir Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Qualificação e Trabalho.

Paulo Câmara disse que os secretários têm até o final do ano para definir a estrutura de suas pastas e quem serão seus adjuntos. "No dia 2 de janeiro, quando eu começar a cobrança, não pode ter a desculpa de que não têm secretários-executivos", afirmou.

O futuro secretário da Casa Civil, Antônio Figueira, que terá o papel de braço direito de Paulo, já se antecipou à cobrança do governador eleito e definiu o nome dos seus principais auxiliares.

"Definimos inicialmente três secretários-executivos. O secretário-executivo de Relação Municipal será Anchieta Patriota (PSB), meu amigo de mais de 30 anos. Para fazer o relacionamento institucional com a Assembleia Legislativa será André Campos (PSB) e a comunicação, que fica também com a Casa Civil, será o jornalista Evaristo Filho", informou.

Outros secretários não quiseram adiantar mudanças ou se comprometer com aliados. Felipe Carreras, que cuidará da Secretaria de Turismo, Lazer e Esporte, por exemplo não deu garantias de que Ana Cavalcanti (PP), hoje responsável pela Secretaria de Esportes, continuará cuidando do setor no governo de Paulo Câmara.

Fonte: Jornal do Commercio

Mais Notícias da Fenafisco