Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Rodoviários confirmam greve na segunda-feira

25 de julho de 2014

A greve dos motoristas, fiscais e cobradores de ônibus foi confirmada. Ontem à tarde, durante audiência na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT), o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Pernambuco oficializou a rejeição às propostas apresentadas pelos empresários e reafirmou o estado de greve. A paralisação está prevista para começar após 72 horas, ou seja, à meia-noite da próxima segunda-feira. 

A categoria pede reajuste salarial de 30%, além do aumento do valor do vale-alimentação, de $ 171 para R$ 350 por mês. O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) oferece reajuste de 5% sobre o salário e o vale-alimentação. 

O mediador do processo, o procurador-chefe do MPT, José Laízio Pinto Júnior, havia sugerido o aumento de 10% para salários e benefício, porém o sindicato patronal não concordou.

Os motoristas recebem hoje R$ 1.605, os cobradores R$ 738,30 e os fiscais R$ 1.037. O presidente eleito do sindicato dos trabalhadores, Benilson Custódio da Silva, afirmou que manterá 30% dos coletivos em circulação durante os dias de greve, conforme exige a legislação. 

A assessoria da Urbana-PE informou que ainda não foi definido o esquema de reforço para minimizar os transtornos dos passageiros da Região Metropolitana do Recife. Em nota, a assessoria afirmou que “não medirá esforços para evitar a interrupção do serviço de transporte”. Disse ainda que “se empenhou para chegar a um acordo junto aos trabalhadores rodoviários na definição das reivindicações da categoria profissional”.

A última greve no setor aconteceu em julho do ano passado, e durou cinco dias.

Fonte: Diario de Pernambuco

Mais Notícias da Fenafisco