Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Reformas, já! (Coluna Diario Econômico)

 

“A prioridade do novo governo é a questão fiscal. O governo precisa assumir uma nova postura na área fiscal, controlar, racionalizar e até mesmo cortar gastos, para que o setor público recupere sua capacidade de investimento e o setor privado possa ser desonerado gradualmente com a redução da carga tributária”. A afirmação é do presidente da CNI, Armando Monteiro Neto, ao comentar o resultado do segundo turno das eleições presidenciais, acrescentando que “o Brasil precisa crescer mais e melhor. Para isso, é necessário completar o ciclo de reformas e, sobretudo, priorizar a agenda pró-crescimento”. Vice-presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco e integrante do Comitê de Infra-Estrutura da entidade nacional, o empresário Ricardo Essinger concorda plenamente e chama a atenção para a posição várias vezes reiteradas por Monteiro ao dizer que não haverá crescimento sustentável sem reformas. Como, aliás, propôs o Mapa Estratégico da Indústria elaborado bem antes das eleições e onde consta uma agendade prioridades estabelecendo condições para que o Brasil faça as mudanças imprescindíveis para um desenvolvimento harmônico, capitaneadas pela reforma fiscal. É com projetos estruturadores, como sugere o documento elaborado pela CNI, o Mapa, que o Brasil vai poder crescer harmonicamente.

Mais Notícias da Fenafisco