Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Reajuste de servidor vai sair no dia 6 de março

O governador Jarbas Vasconcelos, ou alguma autoridade indicada pelo governador, anunciará o reajuste salarial dos servidores públicos do Estado no dia 6 de março. Essa foi a resposta que a comissão formada por representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Estado (Sindserpe) recebeu, ontem, em reunião realizada na Secretaria de Administração e Reforma do Estado (Sare).

De acordo com o secretário de Administração, Maurício Romão, o reajuste para todas as categorias será anunciado em conjunto. Por enquanto, a forma de reajuste é mantida em segredo. Mas a perspectiva é de um aumento linear para todos os 170 mil funcionários do Estado. “Ainda não batemos o martelo quanto à forma como o reajuste será dado”, disse ontem Romão.

Muitas categorias pedem um plano de cargos e carreiras ou a reformulação daquele que existe, como é o caso dos funcionários administrativos e dos fazendários, respectivamente. A idéia é que o governo do Estado desconte o ganho que o servidor terá com um plano de cargos no percentual de reajuste a ser concedido. Os impactos de cada plano, disse Romão, ainda estão sendo avaliados.

REUNIÃO – Os representantes do Sindserpe esperavam ontem uma resposta do governo sobre a tabela de progressão da categoria de administrativos do Estado. Mas a resposta que receberam foi que as reivindicações salariais serão objeto do anúncio do governador no próximo dia 6. No ano passado, o secretário Maurício Romão e a secretária da Fazenda, Maria José Briano, assinaram um termo de compromisso para encaminhar, no início das atividades legislativas, um projeto de lei com uma tabela salarial de progressão por tempo de serviço da categoria. De qualquer forma, representantes do Sindserpe voltam a se reunir na Sare no próximo dia 23.

O Sindserpe já apresentou uma proposta de tabela ao governo do Estado. A proposta prevê um impacto salarial mensal de R$ 2,3 milhões. Segundo Renilson Oliveira, coordenador-geral do Sindserpe, esse valor representa menos de 0,01% da folha mensal de salários do Estado. A idéia é que o servidor seja promovido e tenha um ganho salarial por tempo de serviço.

“Na reunião, fomos recebidos pelo gerente do Conselho Superior de Política de Pessoal, Júlio Jonas. O secretário não estava. Jonas nos informou que houve um encontro do núcleo estratégico do governo, no dia 8 deste mês, com o governador do Estado. Na ocasião, o governador pediu mais informações sobre as reivindicações dos funcionários públicos, pois não se sentiu satisfeito com os dados apresentados”, informou Renilson Oliveira.

O sindicalista explicou que, a partir de hoje, o Sindserpe realizará plenárias com os servidores públicos para deixá-los mobilizados até o dia 6. “Não quer dizer que vamos aceitar o pronunciamento do governador. O que estamos defendendo hoje é a nossa tabela salarial, o nosso plano de cargos e carreiras”, ressaltou Oliveira. As mobilizações começam hoje e seguem até a próxima quinta-feira, sendo retomadas depois do Carnaval, nos dias 1, 2 e 3 de março.

Mais Notícias da Fenafisco