Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Prefeitura cancela concurso

11 de junho de 2014

Quatro dias após o segundo protesto, em frente à Prefeitura do Recife, pedindo a anulação do concurso da Guarda Municipal, realizado dia 1º de junho, o município resolveu cancelar o certame. Além de terem enfrentado falta de energia durante as provas, no prédio do Instituto Brasileiro de Geografia e Marketing (IBGM), nas Graças, Zona Norte, candidatos que participaram das manifestações denunciaram algumas irregularidades, como uso de celular para fazer consultas e tirar fotos das provas.

Um processo administrativo instaurado pela Comissão Organizadora do Concurso Público (formada por membros das Secretarias de Segurança Urbana, Administração e Gestão de Pessoas e Assuntos Jurídicos) confirmou que 3.268 candidatos faziam o exame no prédio do IBGM e foram prejudicados pela falta de energia, que durou mais de uma hora. No processo, a comissão ainda identificou "a ocorrência de fatos que vão de encontro aos princípios da Vinculação Obrigatória ao Edital, da Legalidade e da Isonomia, norteadores de qualquer processo seletivo", informou a assessoria da Prefeitura do Recife.

Até o dia 20 de julho, o Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico (Ipad), entidade responsável pela execução do concurso, divulgará o novo cronograma das etapas e fases. Os novos custos, segundo a prefeitura, ficam a cargo da empresa.

VAGAS

Ao todo, são 1.355 vagas, para as quais se inscreveram 45.518 pessoas (33,59 por vaga). Todos os classificados vão ser capacitados para atuar no trânsito, mas também podem ser direcionados para a guarda do patrimônio ou brigada ambiental. O salário inicial é de R$ 1.082,82, mais gratificação de R$ 525 e risco de vida de R$ 324,85, totalizando R$ 1.932,67.

Fonte: Jornal do Commercio

Mais Notícias da Fenafisco