Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Pacto federativo em debate na Alepe

8 de junho de 2015

Um dos motes da campanha presidencial do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, a rediscussão do pacto federativo no País, será tema de um debate na manhã de hoje na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A Comissão da Câmara Federal criada para rediscutir a partilha de recursos e as obrigações financeiras entre a União, os Estados e municípios estará no Recife para colher sugestões. A expectativa é que o plenário vote uma proposta de novo pacto já nos meses de julho ou agosto.

O encontro acontece entre as 9h e às 13h, no plená- rio da Assembleia Legislativa. O presidente do Legislativo pernambucano, Guilherme Uchoa (PDT), deve fazer um discurso na abertura da reunião. O presidente da comissão, Danilo Forte (PMDB-CE), e o relator, André Moura (PSC-CE), estarão no Recife para colher opiniões sobre o tema. Também foram convidados para o debate o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota (PSB); o secretário estadual de Planejamento, Danilo Cabral (PSB); e o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) José Múcio Monteiro.

A audiência é a quinta reunião da comissão fora de Brasília e a primeira no Nordeste. Ela está sendo organizada pelos deputados federais Kaio Maniçoba (PHS) e Fernando Monteiro (PP), ambos novatos no Congresso, que são suplentes do colegiado. “É importante a gente discutir em cada cidade. Recife é a quinta cidade a receber esse evento”, defende Fernando Monteiro. “Eu acompanhei durante muito tempo o governador Eduardo Campos e a maior proposta dele para o País era essa mudança no pacto federativo”, afirma.

Para Kaio Maniçoba, a rediscussão do pacto federativo terá tanto destaque quanto a votação da reforma política pela importância que o tema tem para prefeitos e governadores em todo o País. “Até agora, somos o único Estado do Nordeste que está trazendo essa discussão”, faz questão de lembrar.

Para os deputados, as visitas externas da comissão são o momento de escutar as propostas de atores da sociedade, como vereadores e prefeitos, que não têm condições de ir a Brasília. Antes do Recife, o colegiado já esteve em Belém (PA), Vitória (ES), Londrina (PR) e Belo Horizonte (MG). O próximo encontro externo é em Goiânia (GO)

Fonte: Jornal do Commercio

Mais Notícias da Fenafisco