Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

O desafio de enxugar a máquina

16 de dezembro de 2014

Diante de um cenário nacional com perspectiva de baixo crescimento econômico, Paulo Câmara fez o anúncio da nova equipe falando em corte de comissionados. A redução será de 20% na folha de pagamento, o que significa cerca de R$ 17 milhões ao ano. “A gente tem condições de estruturar cada vez melhor, gastando cada vez menos como é nosso lema e sempre foi desde 2007”, afirmou o socialista, reforçando que cada secretário terá sua cota no percentual a ser atingido. De acordo com ele, o estado tem, hoje, cerca de 2 mil comissionados.

“Essa é uma medida inicial, uma medida que trabalhamos agora, dentro da estruturação, da reforma administrativa. Obviamente que o trabalho é incansável na melhoria do gasto público. Economizar para fazer com que o gasto ruim se transforme em despesa boa com investimento”, afirmou Câmara.

Anunciado como chefe da Secretaria de Planejamento, Danilo Cabral comentou que o ajuste das contas do governo será uma preocupação, visto a previsão de investimentos para 2015, de R$ 3,8 bilhões, muito semelhante à de 2014. “O cenário é de aperto fiscal com previsão de cortes. O que a gente está se comprometendo é em manter esse padrão de investimentos a partir de captação de mais recursos e redução de despesas que são inadequadas”, falou. Comparados os anos de 2013 e 2014, Pernambuco teve uma redução de transferências voluntárias da União de R$ 106,8 milhões, uma queda de 47,96%.

O novo secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões, comentou que a prioridade para o primeiro semestre de 2015 será dar sequência a uma série de ações e obras que ainda estão em andamento, como a construção dos corredores de BRT e de barragens no interior. Outra preocupação é ajudar os municípios a arrecadar mais recursos junto à União. Para isso, deverá ser criado na Secretaria de Planejamento um núcleo técnico para orientar na elaboração de projetos. 

A voz dissonante
Momentos antes do anúncio do secretariado, o senador eleito Fernando Bezerra Coelho (PSB) enviou à imprensa uma nota em que se dizia “desconfortável” por ter tido sua indicação ao cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico rejeitada. A resposta de Câmara foi dada na coletiva de imprensa. “Ouvi e respeito a opinião de muita gente. Mas na hora de decidir, quem decide é o governador Paulo Câmara”, disse, sem citar nomes, após ser questionado a respeito do episódio com Bezerra Coelho.

“Acreditando que, com a experiência acumulada de quem já foi prefeito, secretário estadual em três gestões, deputado estadual, federal e ministro, teria colaborações a oferecer neste momento tão importante”, disse Coelho, na nota. Segundo ele, em uma reunião marcada para a última quinta-feira e remarcada para sábado, Câmara lhe pediu que indicasse um nome de perfil técnico para a pasta de Desenvolvimento Econômico, mas, na madrugada de segunda, enviou uma mensagem comunicando que escolheria outro nome. 

Os secretários e seus orçamentos para 2015

Total Poder Executivo – R$ 29.779.095.100,00

Governadoria do Estado – R$ 186.937.900,00
Governador Paulo Câmara

Secretaria de Administração – R$ 1.037.750.000,00
Secretário – Milton Coelho 

Formado em Direito, é auditor do TCE-PE. No Governo Arraes (1995-1998), foi assessor especial do secretário de Governo, Eduardo Campos, diretor-geral da Secretaria da Fazenda e diretor administrativo-financeiro da Compesa. Presidiu o PSB do Recife e foi secretário-geral do partido no estado. Na segunda gestão Eduardo, foi secretário de Governo. Esteve na coordenação da campanha nacional deste ano

Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude – R$ 431.057.000,00
(Valor previsto para a atual Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos)*
Secretário – Isaltino Nascimento 

Formado em Ciências Contábeis. Foi vereador do Rrecife, deputado estadual, líder da bancada do governo. Em 2010, assumiu a Secretaria Estadual de Transportes. Na Assembleia, é vice-líder da Bancada do Governo
* O orçamento previsto para a extinta Secretaria da Criança e da Juventude era de R$ 208.205.200,00

Secretaria de Educação – R$ 3.926.009.100,00 
(valor previsto para a atual Secretaria de Educação e Esportes)*
Secretário – Fred Amâncio 

Formado em Administração e Direito, com pós graduação em Economia Aplicada à Gestão Fiscal e MBA em Gestão de Negócios em Petróleo e Gás, é auditor da Secretaria da Fazenda do estado. Foi secretário de Saúde, vice-presidente e presidente de Suape, secretário de Desenvolvimento Econômico e é secretário de Planejamento e Gestão
* Esportes passa a integrar a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer

Secretaria da Fazenda – R$ 946.421.400,00
Secretário – Marcio Stefanni 

Formado em Direito, foi presidente da AD-Diper, de onde saiu em novembro de 2012 para ocupar, a convite do então governador Eduardo Campos, a função de secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, acumulando a função com a presidência do Complexo Industrial e Portuário de Suape

Secretaria de Imprensa – R$ 6.198.400,00
Secretário – Ennio Benning 

Formado em Jornalismo, passou pelas redações da Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Gazeta Mercantil e Jornal do Commercio nas editorias de economia e política. Foi secretário executivo de Comunicação do Governo Jarbas Vasconcelos, de quem foi assessor desde 2007 até este ano. Na campanha eleitoral, ocupou a assessoria de Imprensa de Paulo Câmara

Secretaria da Casa Civil – R$ 86.482.700,00
Secretário – Antônio Figueira 

Médico, com especialização em Gestão de Hospitais e mestrado em Saúde Materno-Infantil, é filho de Fernando Figueira, fundador do Imip, de onde foi presidente. Foi assessor especial do segundo governo Miguel Arraes, secretário-adjunto de Saúde no terceiro governo do socialista e secretário de Saúde no segundo govenro Eduardo

Secretaria de Cultura – R$ 138.469.700,00
Secretário – Marcelino Granja

Engenheiro Civil, é analista da Receita Federal. Filiado ao PCdoB desde 1980, foi secretário da Fazenda e Administração e de Governo do município de Olinda, nas gestões da ex-prefeita Luciana Santos. Granja também foi titular da pasta de Ciência e Tecnologia do governo Eduardo Campos

Secretaria de Turismo Esportes e Lazer – R$ 233.361.500,00 
(Orçamento previsto para a Secretaria de Turismo)* 
Secretário – Filipe Carreras 

Foi oficial de gabinete na terceira gestão do governador Miguel Arraes e disputou, pela primeira vez, uma campanha eleitoral nas eleições deste ano. Foi o quarto mais votado de Pernambuco e o mais votado do Recife. É empresário do setor de entretenimento e lazer. Em 2012, assumiu a Secretaria de Turismo e Lazer do Recife. 

Secretaria de Agricultura – R$ 690.651.000,00 (Orçamento previsto para a atual Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária)
Secretário – Nilton Mota 

Formado em administração, é servidor de carreira da Secretaria Estadual da Fazenda. Foi chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Educação, assumiu a titularidade da pasta e foi presidente da Companhia Estadual de Habitação e Obras. Em 2013 assumiu a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos do Recife. Acumulou a função de presidente da URB e foi eleito deputado estadual este ano.

Secretaria de Saúde – R$ 4.411.076.100,00
Secretário – Iran Costa 

Médico. É especialista em Oncologia Clínica pela Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC) e pela American Society of Clinical Oncology. Também é Mestre em Medicina Interna pela UFPE e cursa o Doutorado em Oncologia no Instituto Nacional do Câncer. Iran é funcionário da Secretaria Estadual de Saúde desde 1995 e diretor do Hospital de Câncer de Pernambuco desde 2012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico- R$ 397.483.700,00
Secretário – Thiago Norões 

Formado em Direito, é advogado e procurador do estado desde 1993. No governo Eduardo Campos, exerceu o cargo de procurador-adjunto, entre 2007 e 2010. Assumiu a titularidade da Procuradoria-Geral do Estado em janeiro de 2011, onde ficou até dezembro de 2014

Secretaria de Planejamento – R$ 296.163.600,00 (Orçamento previsto para a atual Secretaria de Planejamento e Gestão)
Secretário – Danilo Cabral 

Formado em Direito , é servidor do TCE-PE, onde foi secretário da Auditoria Geral e diretor-geral. Trabalhou no Governo Arraes (1995-1996), foi vereador pela cidade de Recife, esteve à frente da Secretaria de Educação de Pernambuco na primeira gestão Eduardo Campos. Reeleito deputado federal em 2010, foi convocado por Eduardo Campos para ser o titular da Secretaria de Cidades

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – R$ 688.331.800,00 (Orçamento previsto para a tual Secretaria de Ciência e Tecnologia)
Secretária – Lúcia Melo

Engenharia Química e mestre em Física; mestre em Energia e Meio Ambiente com cursos de pós- graduação nas áreas de política e estratégia tecnológica, foi superintendente-adjunta do CNPq/NE; secretária de Ciência e Tecnologia de Pernambuco; presidente da Facepe, secretária-executiva adjunta do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação. É pesquisadora titular da Fundação Joaquim, Nabuco. 

Secretaria de Meio Ambiente – R$ 98.107.100,00 (Orçamento previsto para a atual Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade)
Secretário – Sérgio Xavier 

Jornalista, ecologista e empreendedor de inovação tecnológica no Porto Digital, é um dos fundadores do Partido Verde no Brasil e cofundador da Rede Sustentabilidade, com Marina Silva. Foi secretário nacional de Fomento do Ministério da Cultura, na gestão do ministro Gilberto Gil. Em 2011 assumiu a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade.

Secretaria das Cidades – R$ 1.223.348.500,00
Secretário – André de Paula 

Formado em Direito, é deputado federal reeleito em 2014. Foi secretário estadual de Produção Rural e Reforma Agrária no Governo Jarbas Vasconcelos. Foi vereador do Recife, deputado estadual por dois mandatos e cinco vezes deputado federal. Durante 15 anos, esteve na presidência do antigo PFL. É fundador, presidente estadual e vice-presidente nacional do PSD.

Secretaria de Defesa Social – R$ 3.162.884.800,00
Secretário – Alessandro Carvalho 

Formado em Direito, exerceu cargo de delegado regional executivo da Superintendência da Polícia Federal do Rio Grande do Norte, chefiou as delegacias de Polícia Federal em Juazeiro (BA) e em Foz do Iguaçu (PR), foi delegado regional de Combate ao Crime Organizado e delegado regional executivo da Superintendência da Polícia Federal da Bahia. Foi secretário-executivo de Defesa Social em Pernambuco(2010-2013).

Secretaria do Trabalho e Micro Empresa – R$ 27.453.300,00 (Orçamento previsto para a atual Secretaria de Trabalho, Qualificação e Emprego)*
Secretário – Evandro Avelar 

Engenheiro civil, foi diretor-geral da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (Adene), secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e de Projetos Especiais, diretor e presidente da Cohab, além de diretor presidente da EMTU. Foi secretário de Serviços Urbanos e Obras e Infraestrutura e Mobilidade Urbana de Jaboatão.
*Estava previsto para a Secretaria de Micro Empresa orçamento de R$ 32.072.900,00

Secretaria da Mulher – R$ 19.873.100,00
Secretária – Silvia Cordeiro 

Ex-secretária da Mulher do Recife, é médica sanitarista. Fundadora e ex-coordenadora do Centro das Mulheres do Cabo, integrou a Rede Mulher e Democracia, iniciativa de lideranças do movimento de mulheres e feminista do Nordeste.

Secretaria da Controladoria Geral do Estado – R$ 17.923.200,00
Secretário – Rodrigo Amaro 

Administrador e mestre em Ciências Contábeis, foi gerente de Auditoria, Prestação e Tomada de Contas da Controladoria Geral do Estado. Atualmente é diretor-presidente da Pernambuco Participações e Investimentos S/A (Perpart) e presidente do conselho fiscal da Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco (Funape). 

Secretaria de Tarnsportes (nova)
Secretário – Sebastião Oliveira

Formado em Medicina, tem três mandatos de deputado estadual. Na Assembleia, presidiu a Comissão de Saúde, liderou o PR e ocupou a função de terceiro secretário da Mesa Diretora. Foi secretário de Transportes do primeiro Governo Eduardo. Este ano, se elegeu deputado federal

Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (nova)
Secretário – Pedro Eurico

Formado em Direito, iniciou a carreira política como militante da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife. Durante a ditadura militar, defendia presos políticos, denunciava a tortura e a perseguição política. Foi vereador do Recife, deputado estadual, presidente da Assembleia, secretário de Habitação no segundo governo Arraes e é secretário da Criança e da Juventude.

Fonte: Diario de Pernambuco

Mais Notícias da Fenafisco