Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Lei seca na rota do forró e da farra

21 de junho de 2014

Quem for pegar a estrada para o feriado prolongado do São João deve estar atento à mistura de álcool e direção porque as equipes da Operação Lei Seca estarão em pontos estratégicos do Estado, onde está previsto maior movimento de veículos. Embora não tenha recebido reforço de efetivo – continuam sendo nove equipes e 117 profissionais envolvidos – a operação estará mais bem posicionada não só no Recife, mas principalmente no interior do Estado. Desde ontem, por exemplo, dois grupos viajaram para garantir o cumprimento da lei seca em Arcoverde e Araripina, cidades do Sertão que costumam atrair mais gente durante os festejos juninos.

Até agora, desde que passou a ser subordinada à Secretaria Estadual de Saúde, em 2011, a Operação Lei Seca abordou quase 400 mil motoristas, conseguindo reduzir em mais de 20% a taxa de mortalidade por acidentes de trânsito em Pernambuco. Além do Sertão, a operação acontecerá nas cidades de Gravatá, Caruaru, Carpina e Limoeiro. Assim como a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização da lei seca tem que se dividir com os eventos da Copa do Mundo, sejam os jogos realizados no Estado, sejam os do Brasil, que levam muitos torcedores aos bares.

"Temos que atuar nos dois eventos. Por isso fizemos algumas mudanças estratégicas, procurando estar na rota dos grandes shows e dos locais que atraem muitas pessoas. Enviamos equipes com antecedência para o Sertão pernambucano exatamente para baixar os índices de violência no trânsito, registrados em outros anos. Também tem nos preocupado a quantidade de recusas por parte dos motoristas abordados nos dias de jogos do Brasil, o que sinaliza que muita gente ainda está bebendo e dirigindo. Nosso objetivo não é autuar os motoristas. Queremos que as pessoas parem de beber e dirigir", argumenta o coordenador-executivo da Operação Lei Seca, tenente-coronel André Cavalcanti.

A PRF ganhou reforço de 250 policiais de vários Estados do Norte e Nordeste desde o dia 2 de junho. As equipes foram enviadas para a operação da Copa do Mundo e também serão responsáveis por ajudar na fiscalização do São João, especialmente nas rodovias BR-232, principal eixo rodoviário de acesso ao interior pernambucano, e BR-104, acesso a Caruaru, incluindo a ligação com a Paraíba, Estado onde o São João também é tradicional.

LOMBADAS
Para facilitar o deslocamento da população, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE) desligou desde as 22h de quinta-feira as lombadas eletrônicas da BR-232, entre o Recife e a Encruzilhada de São João, distrito de Bezerros, no Agreste. Também foram desligados os equipamentos da PE-005, em São Lourenço da Mata, da PE-060, no Cabo de Santo Agostinho e em Ipojuca, bem como os da PE-035, em Itapissuma, e da PE-027, em Aldeia, todas no Grande Recife. As lombadas serão reativadas às 5h do dia 25.

Fonte: Jornal do Commercio

Mais Notícias da Fenafisco