Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Grupo estuda reedição do Todos com a nota

O novo secretário da Fazenda, Djalmo Leão, já designou um grupo de trabalho para desenhar o modelo de reedição do programa Todos com a nota, criado no terceiro governo Arraes (1995-1998). A expectativa é a de que o estudo fique pronto em até 60 dias, depois do que será remetido para análise do secretário executivo de Esportes, Nelson Pereira.

“O futebol pernambucano tem sido mantido com ações como esta. Vamos procurar fazer com que seja uma ação benéfica para o estado. Ainda estamos fazendo estudos, principalmente sobre a repercussão do programa na arrecadação, e depois vamos apresentar ao secretário executivo dos Esportes, Nelson Pereira”, declarou Djalmo Leão.

O Todos com a nota, onde o torcedor troca cupons fiscais por ingressos para os jogos, vai substituir o Futebol solidário, da gestão Jarbas/Mendonça, cuja moeda de troca era um quilo de alimento não-perecível. Os clubes estão apreensivos pois a primeira rodada do Campeonato Pernambucano começa já neste sábado, dia 13, e terão que cobrar ingresso. O Sport já anunciou que cobrará R$ 12 para a arquibancada e R$ 6 para estudantes e sócios nos jogos contra times intermediários.

Outro grupo de trabalho atua dentro da Fazenda estudando um mecanismo para reduzir a conta de luz, conforme noticiou o Diario na edição de domingo. Como o estado não tem ingerência sobre tarifas, essas definidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o novo governo definiu um prazo de 60 a 90 dias para encontrar uma alternativa para o problema.

Entre as opções estudadas estão a ampliação da faixa de isenção do ICMS de 50 kilowatts-hora (kWh) mensais para 100 kWh, necessitando para tanto autorização do Conselho Nacional Fazendário (Confaz); e redução da alíquota atualmente em 25%, caso em que o governo teria que enviar projeto de lei à Assembléia Legislativa.

Mais Notícias da Fenafisco