Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Estado lança novo edital de terreno

23 de fevereiro de 2006

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo lançou ontem o novo edital que regulamenta a venda do terreno da casa de veraneio do governo do estado no litoral de Porto de Galinhas. Pelas novas regras, as propostas financeiras devem ser encaminhadas até 10 de abril, juntamente com os envelopes contendo as capacitações jurídicas e administrativas e a planta do projeto dos centros hoteleiro e imobiliário. O preço mínimo para lance foi fixado em R$ 35,4 milhões. O terreno tem 70 hectares, dos quais 30 hectares são destinados à preservação ambiental.

O primeiro edital, lançado em maio do ano passado, foi invalidado porque a única empresa a apresentar proposta de compra, o grupo português Estêvão Empreendimentos, não entregou a documentação exigida no prazo estabelecido. Segundo o consultor técnico responsável pela licitação, Fernando Jordão, a diferença entre os dois editais é a garantia da autorização para o início da construção do projeto imobiliário no momento em que 60% das obras do complexo hoteleiroestiverem concluídas.

Fernando Jordão disse que foi procurado por diversos grupos nacionais e estrangeiros interessados na aquisição do terreno. Segundo ele, a maioria demonstrou insatisfação quanto à determinação de só poder iniciar a exploração imobiliária após a conclusão das obras de hotelaria. “Frente às inúmeras solicitações, resolvemos modificar as regras do edital, antecipando o início da construção e comercialização do complexo imobiliário”, afirmou.

O edital mantém a obrigatoriedade da construção de 1 mil apartamentos, distribuídos entre dois ou três empreendimentos hoteleiros de alto padrão, um centro de convenções, com capacidade para 600 pessoas, e um centro comercial voltado ao lazer e à prestação de serviços. Os investimentos previstos na construção e operacionalização do centro hoteleiro são de R$ 250 milhões.

Fonte: Diário de Pernambuco

Mais Notícias da Fenafisco