Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Estado abre vagas temporárias

 

A Secretaria de Administração e Reforma do Estado vai abrir seleção pública simplificada para preenchimento de 200 vagas temporárias no Expresso Cidadão. Os contratados trabalharão na função de assistente de atendimento ao cidadão. O Diário Oficial do Estado publicou, ontem, o Decreto nº 29.185, autorizando a contratação.

Dos 200 aprovados, 110 trabalharão no Expresso Cidadão de Petrolina e 90 na unidade de Caruaru. Segundo Maurício Romão, secretário de Administração e Reforma do Estado, o Expresso de Petrolina será inaugurado em junho deste ano e o de Caruaru ficará para setembro.

Segundo Gleide Guerra, diretora-geral de Recursos Humanos do Instituto de Recursos Humanos do Estado (IRH), o edital da seleção ainda está sendo confeccionado. “Espero que fique pronto na próxima semana”, estima. O governo publicará o edital no Diário Oficial. Alguns dados, portanto, ainda não estão definidos. Apenas com a conclusão do edital é que serão informadas as datas de inscrição e os locais de inscrição. Mas as homologações dos resultados devem ser feitas até o dia 30 de junho, por causa das regras da Lei Eleitoral, que cria restrições para os governos em final de mandato.

As etapas da seleção também estão para ser fechadas. “Provavelmente haverá uma prova de conhecimentos gerais. Mas isso será ainda definido por meio de edital”, acrescentou Gleide.

REQUISITOS – A remuneração deve ficar em torno de R$ 700. “Qualquer pessoa pode se inscrever, desde que tenha 2º grau completo e idade acima de 18 anos”, informa Gleide. Os contratos têm duração de 24 meses, podendo ser prorrogados por mais 24 meses.

De acordo com Maurício Romão, o governo decidiu fazer contratação temporária por causa do prazo estipulado pela Lei Eleitoral. A argumentação do governo é que não haveria tempo para concurso no momento. Depois, o governo vai avaliar se haverá concurso. “A tendência é fazer concurso mesmo, até porque o Ministério Público está proibindo a contratação temporária”, disse Romão.

Por enquanto, não há previsão de inauguração de novas unidades do Expresso Cidadão. Com a de Petrolina e a de Caruaru, serão um total de cinco no Estado. No ano passado, 1.197.376 pessoas foram atendidas no Expresso. Duas das três unidades já em funcionamento estão no Recife, no Cordeiro e na Boa Vista. A terceira fica em Peixinhos, Olinda.

Os órgãos que funcionam no Expresso Cidadão são: Agência do Trabalho, Bandepe, Biblioteca Virtual, Caixa Econômica Federal, Celpe, Compesa, Correios, Defensoria Pública, Detran, EMTU, INSS, Jucepe, Lafepe, Prefeitura de Olinda, Procon, Secretaria de Finanças do Recife, Secretaria de Defesa Social, Setrans e Telemar.

Mais Notícias da Fenafisco