Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Enfim, o Leão

E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, diria Carlos Drummond de Andrade, numa Quarta-feira de Cinzas. Com nenhuma poesia, mas cheia de disposição, a Receita Federal aproveitou o fim do período carnavalesco, ontem, para começar a receber as declarações de rendimentos dos contribuintes do Imposto de Renda (IR). Há quem diga que a prestação de contas se inicia sob o clima de otimismo do Governo Federal, que há 15 dias anunciou uma correção de 8% sobre a tabela do IR. Mas ainda é cedo para comemorar. Primeiro motivo: o reajuste concedido em fevereiro, o segundo do Governo Lula, continua aquém do necessário para zerar as perdas salariais do trabalhador. E se a promessa de repor toda a inflação acumulada ao longo dos quatro anos da gestão petista for concretizada, os contribuintes podem aguardar uma nova revisão para 2007. Até porque, no momento, a expectativa da Receita é aumentar ainda mais o número de declarantes obrigatórios. Em Pernambuco, 560 mil pessoas devem acertar as contas com o Leão. Portanto, ainda dá para guardar os confetes do Carnaval que passou.

Mais Notícias da Fenafisco