Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

Empate técnico nas primeiras pesquisas

10 de outubro de 2014

SÃO PAULO – As duas primeiras pesquisa do Ibope e do Datafolha com as intenções de voto para o segundo turno trouxeram resultados semelhantes. Ambas apontam para um empate técnico entre os candidatos Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). Numericamente, os números são iguais em relação aos votos válidos (sem brancos/nulos e sem os que não sabem ou não responderam). O tucano aparece com 51% enquanto que a presidente e candidada à reeleição chega com 49%.

Nas duas pesquisas, a margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, com um grau de confiabilidade de 95%, cada.

Nos votos totais, os placares do Ibope do Datafolha também são os mesmos: 46% a 44%. Quanto aos brancos e nulos e aos que não sabem ou não quiseram responder, os números são invertidos: 4% e 6% no Ibope, 6% e 4% no Datafolha.

FATOR MARINA

O levantamento do Ibope mostra que, neste momento, Aécio herda 64% dos eleitores de Marina Silva (PSB) no 1º turno, enquanto Dilma fica com apenas 18%.

O tucano, segundo o Ibope, colhe seus melhores resultados na Região Sul, onde lidera por 61% a 33% dos votos totais. No Sudeste, ele também está à frente, mas com vantagem menor: 48% a 38%. No Norte/Centro-Oeste, há empate técnico: 46% para Aécio e 43% para Dilma. No Nordeste, a candidata do PT venceria por 59% a 32% se a eleição fosse nesta quinta-feira.

O Ibope mostra ainda que a intenção de voto em Aécio cresce à medida que aumenta a renda dos eleitores: 33% entre os que ganham até um salário mínimo, 36% entre os que recebem de um a dois, 51% na faixa de dois a cinco e 63% acima disso. Com Dilma, a progressão é inversa: 58%, 52%, 39% e 29%, respectivamente.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 7 e 8 de outubro. O registro do levantamento na Justiça Eleitoral foi feito sob o número BR-01071/2014.

Já o Datafolha entrevistou 2.879 eleitores na quarta-feira (8) e ontem. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01068/2014.

Fonte: Jornal do Commercio

Mais Notícias da Fenafisco