Marca SINDIFISCO Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco

Notícias da Fenafisco

BRA terá vôo semanal entre Caruaru e S. Paulo

 

ABRA Transportes Aéreos pretende iniciar, até o final do ano, a operação de vôos semanais regulares ligando Caruaru à cidade de São Paulo. A informação foi repassada ontem pelo presidente da companhia, Humberto Folegatti, ao governador Jarbas Vasconcelos. A empresa também está interessada na realização de vôos fretados entre as duas cidades durante as festas juninas, assegurando uma rota aérea direta entre o Centro-Sul do país e o Agreste pernambucano. Estudos preliminares apontam para um valor média de R$ 600, para as passagens São Paulo/Caruaru/São Paulo.

  Humberto Folegatti explicou que apesar do interesse da companhia em operar uma rota semanal entre Caruaru e São Paulo, tudo irá depender de um estudo de demanda. Ele explicou que o custo operacional de um vôo ligando as duas cidades é de aproximadamente R$ 100 mil, com possibilidade de lucro entre 10% e 15%. “Não se implanta um vôo regular sem uma boa pesquisa, pois o sucesso da operação depende da disponibilidade de passageiros embarcados nos dois pontos de destino”, disse.

  O governador Jarbas Vasconcelos disse que o estado está disposto a ajudar na operacionalização do vôo e que o primeiro passo será dado com a conclusão das obras de infra-estrutura da pista de pouso e decolagem do Aeroporto de Caruaru. Ele afirmou que os trabalhos deverão ser concluídos até o final de março. Se essa previsão se confirmar, a liberação da pista será homologada pela Aeronáutica em maio. “Com a homologação, o aeroporto estará aberto para o recebimento dos primeiros vôos charteres programados pela BRA.

  Iniciadas em setembro do ano passado, as obras de reestruturação da pista do Aeroporto Oscar Laranjeiras custaram R$ 11,5 milhões e prevêem melhoras na drenagem e pavimentação ao longo 1.800 quilômetros. Segundo o secretário de Infra-Estrutura, Fernando Dueire, as obras incluem a substituição das placas de concreto das cabeceiras da pista e do pátio de estacionamento das aeronaves.

  Fernando Dueire disse, ainda, que até o final do ano estarão concluídas a reforma do terminal de passageiros e as obras de acesso viário. Com as reestruturação, orçada em R$ 3 milhões, o terminal passará de 600 para 1,4 mil metros quadrados e os estacionamento saltará de 20 para 200 vagas. “O novo perfil do Aeroporto de Caruaru exigirá administração especializada. Por isso, estamos buscando modelos de administração terceirizada”.

Mais Notícias da Fenafisco